Eventos

5 dicas para cuidar da alimentação do gado de corte

  • Alfa Farms

A nutrição e o manejo alimentar do rebanho de corte são essenciais para que o animal consiga expressar todo o seu potencial e influenciam diretamente no seu desenvolvimento e reprodução. Por isso, estar atento a estes fatores é fundamental para garantir bons resultados para a propriedade.

O que deve fazer parte da dieta do bovino de corte?

De acordo com texto publicado pelo CPT - Cursos Presenciais, inspirado em orientações da Embrapa, na dieta do gado de corte é necessário ter a presença de:

Elementos como proteínas

Gordura

Açúcares

Minerais

Vitaminas

Água

Estes pontos devem ser avaliados para serem oferecidos na proporção correta, e de acordo com a categoria e idade de cada animal.

Dicas para alimentação e manejo nutricional

Segundo artigo publicado pela Rehagro, para alimentação e manejo nutricional de gado de corte, é necessário fazer:

1- Definição do objetivo do sistema de acordo com a categoria animal

O manejo nutricional adotado no sistema deve estar alinhado com os objetivos almejados para cada categoria. Os requerimentos nutricionais dos animais quanto aos nutrientes como proteína, energia, minerais e vitaminas variam conforme a categoria animal e também quanto ao desempenho produtivo almejado.

2- Planejamento nutricional com estimativas da necessidade e disponibilidade de MS para alimentação dos animais durante determinado ciclo produtivo

Quando se fala em bovinos mantidos a pasto, a qualidade da forragem está entre os principais fatores que influenciam a produtividade animal. As plantas forrageiras são responsáveis por fornecerem energia, proteína, minerais e vitaminas aos animais em pastejo com um baixo custo alimentar.

3- Suplementação alimentar

Em função da estacionalidade produtiva das pastagens, estratégias alimentares que ajudem a sanar este problema devem ser adotadas, entre elas está a suplementação.

Bons resultados produtivos podem ser obtidos com a utilização da suplementação quando esta é realizada com um bom planejamento e apresenta coerência com a categoria animal e com o ganho desejado.

4- Elaboração de contas

Outro fator importante para se estabelecer o manejo nutricional dos animais, é a realização de uma análise sobre a viabilidade econômica. Fazer contas! Pois não adianta fornecer alimentação diferenciada aos animais, garantindo bom desempenho, se esta não apresentar custo benefício favorável ao sistema. Em outras palavras, a produtividade animal tem que pagar o investimento realizado com a suplementação.

5- Monitoramento

Sabe-se que produzir, entender, monitorar e controlar dados em uma empresa é fundamental para o sucesso do negócio. Na bovinocultura de corte isto não é diferente, principalmente quando se observa as margens de lucro cada vez mais reduzidas como tem sido nesta atividade.

Top